Escrito por: Redação GF+ | Data de Publicação: segunda-feira, 21 agosto, 2017

10 coisas que o mercado de comunicação visual e os fabricantes de impressoras de grandes formatos devem considerar ao investir em um pacotes de software RIP

Por Marcelo Chagas Nascimento, Diretor de Vendas e Técnico para América Latina, SAi.

No início da era digital, o RIP era a principal ferramenta de impressoras e copiadoras. Hoje, os dispositivos de saída ocupam lugar de destaque junto com compartilhamento de arquivos, acesso remoto e aplicativos de armazenamento em nuvem.

Então, o que os bureaus de impressão de grandes formatos e o mercado de comunicação visual devem procurar ao escolher um RIP?

  1. Os RIP ofertados oferecem um bom valor?

O valor está no olho do observador, depende do ponto de vista. Existem muitos e excelentes pacotes de software RIP de fornecedores líderes que vem junto com as impressoras. Uma compra de RIP / que vem junto com uma impressora (pacote) é uma boa maneira de garantir a compatibilidade, mas os usuários devem olhar além das promessas e do preço. Uma coisa importante a lembrar que esta é uma decisão de negócios. Qual é o seu negócio? Serviço rápido e barato? Oferece qualidade superior em tudo? Ou é algo intermediário? Esses fatores devem influenciar sua decisão de compra.

  1. Você sabe quem criou o pacote de softwares com as impressoras? Qual é o histórico do fornecedor?

Conhecer a origem do seu software ajudará na sua decisão. Se você é proprietário de uma de impressora de grandes formatos, descubra o máximo possível sobre suporte, atualização, escalabilidade e flexibilidade. Você deve saber tudo sobre o fornecedor do seu RIP, você deve confiar na empresa. Como você lida com um problema de gerenciamento de cores? Onde você vai buscar apoio ou suporte? Se você realmente ama a sua impressora, descubra se ele irá utilizar o software RIP de um fornecedor com o qual você conhece.

  1. O pacote de software RIP, melhorará a versatilidade e a flexibilidade que sua empresa precisa? Isso permitirá que o seu negócio cresça?

Para jogar bem no golfe, você precisa de mais do que apenas um taco de ferro. Procure as ferramentas que você precisa para executar bem o trabalho. Procure por coisas que você pode precisar no futuro: quão fácil é adicionar novos dispositivos? Nosso sofisticado software Flexi, por exemplo, oferece um conjunto abrangente de ferramentas para oferecer aos fabricantes de impressão em grandes formatos e a máxima versatilidade de fabricantes

  1. Como isso beneficiará o seu negócio?

Procure por software RIP que irá suportar a maioria dos seus equipamentos. Por exemplo, se você faz muitos banners e tiver mais de uma impressora e uma máquina de corte, talvez seja necessário um software RIP que possa combinar essas funções e dirigir todos os seus dispositivos. Ele simplificará a operação, agilizará o fluxo de trabalho e minimizará o treinamento.

  1. Qual suporte está disponível? De quem é? Quão bem apoiados / treinados são eles pelo fornecedor?

Para os bureaus de impressão de grandes formatos ocupados no mercardo, estas questões são primordiais. As equipes de suporte não existem apenas para solucionar problemas inesperados, porém, o quão rápido e quão bem eles fazem isso é extremamente o que importa. Eles podem fornecer conhecimento especializado em configuração, eficiência de fluxo de trabalho, informações sobre tendências da indústria, consultoria de aplicativos e produtos, bem como consultoria de desenvolvimento de negócios. Um bom revendedor de software quer construir um relacionamento, não apenas enviar alguns CDs e passar para a próxima venda. Aprender sobre o suporte oferecido antes de investir deve ser item número 1 em seu checklist.

  1. Integração do software com a maquinaCNC permitirá a produção de comunicação e impressão 3D?

A comunicação e o mercado de grandes formatostem cada vez mais sediferenciado de sua concorrência. Os pedidos para o novo e o original só aumentarão. As exigências de novos materiais, cores e formatos manterão a pressão sobre sua equipe de produção. No topo da lista das tendências crescentes é a produção de comunicação usando maquinas CNC. Alguns pacotes de software RIP para o mercardo de comunicação agora oferecem essa capacidade. Por exemplo, o novo SAi + EnRoute para Flexi é um que simplifica drasticamente a limpeza de arquivos e a preparação do caminho das ferramentas de arquivos de design Flexi 2D ou 2.5D para saída CNC. Fazendo a produção da comunicação CNC (2D, 2.5D ou 3D) parte de sua oferta é prover para seus clientes uma oportunidade que vale a pena explorar antes de decidir sobre um pacote RIP.

  1. Requer um grande investimento de capital, ou tem outras opções de compra disponíveis?

Comprar um RIP pode ser um grande investimento, e o custo pode até impedir que as empresas atualizem o pacote de software RIP que é melhor para seus negócios. Uma assinatura mensal é uma opção muito econômica e pode ser uma pequena despesa de receita em vez de um grande custo de capital. SAi introduziu o primeiro software RIP baseado em assinatura, oferecendo períodos de subscrição de até um mês para maximizar a flexibilidade e o valor. Além disso, os assinantes têm todos os recursos mais recentes, então, eles estão usando o melhor e o mais recente que está disponível.

  1. É facil atualizar? Com que frequência devo fazer a atualização?

Como todos os do mercado de comunicação sabem, nada é estático. Novos recursos, novas demandas, novos materiais e cores significam que a capacidade de atualização é essencial. Quão caro isso é, e quão fácil é fazer são fatores importantes e podem estar intimamente relacionados. Uma atualização de software barata que exige muito tempo de inatividade é pior que um valor mais elevado que pode ser instalado rapidamente. Esse problema não existe com o software que está sempre atualizado.

Para se manter competitivo, você deve manter seu software RIP atualizado. Se você não fizer isso, estará dando a seus concorrentes algumas vantagens, porque eles terão os recursos mais recentes que tornam sua produção mais eficiente. Por exemplo, o Flexi 12 inclui uma aprovação de Artefato on-line automatizada, que ajuda a assinar e imprimir tarefas de ativação de negócios mais rapidamente e obter mais vendas. As empresas sem esse recurso não são tão competitivas.

  1. Possui conectividade em nuvem? Quais serviços de valor agregado estão disponíveis?

Mais e mais trabalho é feito longe do escritório, e é importante que os gerentes possam visualizar o trabalho em andamento e em vários locais. Um software RIP habilitado para a nuvem, como o Flexi, permite o armazenamento seguro de tarefas e a colaboração do design de comunicação. Além disso, refletindo a tendência de estar longe do escritório, o aplicativo móvel Flexi Cloud da SAi, o primeiro a ser introduzido, dá aos proprietários de empresas acesso ao status do trabalho, informações e tendências de produção de praticamente qualquer lugar para mantê-los no controle de seus negócios.

  1. Qual é a sua capacidade de velocidade? Tem a capacidade de saída para vários dispositivos?

Compreender o “ponto doce” de um pacote de software RIP de grandes formatos irá ajudá-lo a tomar uma decisão. Deve corresponder de perto ao tipo de trabalho que você faz em termos de velocidade, qualidade, funcionalidade e requisitos de saída. Se o preço não fosse o principal, o que você compraria? Tente encontrar algo o mais próximo possível. Lembre-se, o bom e suficiente para hoje, talvez não seja o bom e suficiente em seis meses.

O software RIP continua a ser um item hiper importante e pode ter um efeito a longo prazo sobre a sua operação. Fazer a escolha certa permitirá que você obtenha o máximo de seu hardware e da sua empresa.

https://www.thinksai.com/

 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *