Escrito por: Redação GF+ | Data de Publicação: segunda-feira, 6 agosto, 2018

5 erros que estão acabando com o seu tempo

Transforme o tempo de vilão a seu aliado

Você já teve a sensação de que o seu tempo está cada vez mais escasso?  Que a vida anda tão corrida que o tempo disponível não é o suficiente para todos os afazeres, não é o suficiente para o descanso, lazer ou mesmo o tempo com os familiares?

Administrar o tempo é uma habilidade que nem todo mundo tem, por isso Christian Barbosa, autor de seis livros publicados, especializado em produtividade e alta performance, contou pra gente os 5 erros básicos que podem estar engolindo o seu tempo.

De acordo com Christian “o tempo é a coisa mais importante da vida” e pra te ajudar a cuidar bem dele e aproveita-lo ao máximo vamos te ensinar como algumas mudanças de postura podem mudar o seu aproveitamento do tempo, tornando ele seu aliado e não seu problema.

Erro 1 – Achar que não tem tempo

A verdade é que a grande maioria das pessoas se queixa de não ter tempo suficiente. O problema não é que temos pouco tempo para viver, mas que desperdiçamos muito tempo fazendo as coisas erradas.

“A mais lamentável de todas as perdas é a perda do tempo.” – Philip Chesterfield

Tudo é uma questão de percepção em nosso cérebro.  Se você fica alardeando para todo mundo que está correndo, que não tem tempo ou que vive estressado, esse será seu padrão de realidade.Se você quer começar a ter mais tempo, primeiro mude a forma como expressa isso no seu dia a dia.

Você perceberá que, na verdade, você tem tempo sim. Só que às vezes não enxerga isso, porque acaba se bloqueando.

Experimente, durante os próximos dez dias, mudar o discurso e observar com mais propriedade os momentos que tem para você.

Erro 2 – Não ter tempo para você

Se você não se coloca na agenda, o que vai acontecer é que sua energia, sua disposição, sua motivação serão drenadas e com isso, você terá menos foco, produtividade e concentração para executar suas atividades.

Quando estiver mais esgotado, mais cheio de atividades é nesse momento que precisa acrescentar algo que só você pode fazer por você: um esporte, um hobby, uma meditação, um filme etc.

Aqui vai uma dica importante para você conseguir fazer isso: marque uma reunião com você mesmo.

Erro 3 – Excesso de planejamento

Quem planeja demais acaba perdendo a flexibilidade, a espontaneidade, a liberdade… e o tempo!Eu sou totalmente favorável a fazer planejamento, desenvolver metas e ter uma visão de longo prazo, mas não é necessário ter uma visão tão precisa na qual você planeja os mínimos detalhes.

Planejar é fundamental, essencial e é algo que você deve fazer constantemente. Porém, excesso de planejamento pode ser um jeito fantasioso de procrastinar.

Quando a pessoa fica o dia inteiro em reuniões, mas havia planejado umas seis tarefas para fazer no mesmo dia. Em que horário ela irá fazer isso? Vai roubar tempo pessoal?Um dia ou outro, tudo bem. O problema é quando isso se torna um hábito.

Planeje, mas com bastante consciência das suas capacidades de execução.

Erro 4 – Negligenciar água e alimentação

Falta de energia e cansaço podem reduzir a sua tolerância ao estresse, o seu foco, a sua imunidade e, por fim, o seu engajamento.

Nos últimos anos, devido ao livro “Equilíbrio e Resultado” e algumas pesquisas que estou participando, descobri como coisas simples fazem a diferença para aumentar nossa produtividade.

Tomar mais água ao longo do dia, por exemplo, ajuda na sua concentração, no seu foco e execução.

Outra questão é a alimentação.Aquela história de comer de três em três horas realmente é muito funcional, ajuda tanto quanto a água.

Faça um teste: durante dez dias, deixe uma garrafa de água e algo saudável para que você possa comer ao longo do dia quando sentir fome ou que precisa de algum nutriente. Veja a diferença de ter esse bom hábito e de não tê-lo.

Vale a pena agendar uma consulta com um nutricionista ou nutrólogo para definir uma mais equilibrada

Erro 5 – Não aproveitar o tempo que parece inútil

O trânsito não está fácil em quase todas as cidades brasileiras. Temos também diversos momentos de espera em clientes, consultórios, filas… Enfim, temos um monte de tempo que teoricamente não poderíamos fazer nada, mas se pararmos para pensar ele pode ser muito útil.Eu recomendo você aproveitar todo esse tempo.

No carro, por exemplo, você pode comprar áudio livros, CDs de curso de inglês, espanhol ou até mesmo baixar o MP3 de vídeo aulas que você veria pela Internet.Você pode andar com um caderninho ou tablet e na sala de espera do médico começar a rascunhar os passos para o seu objetivo.

Sempre temos algum tempo que parece desperdiçado. Comece a observar esses momentos e encaixar algo produtivo neles.

Por fim, é a mente que cria o seu tempo.A forma como você toma decisões, lida com problemas e escolhe prioridades pode liberar ou engolir o tempo que você tem.

 

 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *