Escrito por: Redação GF+ | Data de Publicação: segunda-feira, 26 outubro, 2015

Em tempos de crise, crescimento do mercado online dispara se comparado às lojas físicas

Em tempos de crise, crescimento do mercado online dispara se comparado às lojas físicas

Atacadista paranaense cria loja virtual gratuitamente para clientes ampliarem atuação e oferta de serviços no mercado, sem a necessidade de criar estoques próprios

A economia brasileira passa por momentos difíceis. Com ela, o desemprego e a inflação só aumentam, e as vendas em muitos setores só caem. Informações do governo divulgadas no mês passado mostram que o país deve ter neste ano uma retração de 2.44% no PIB, um cenário nada animador para o pequeno e médio empresário, certo? Nem sempre. Enquanto algumas empresas estão perdendo dinheiro, outras vem mantendo o ritmo das atividades e outras têm conseguido crescer, inclusive dobrando o faturamento. A estratégia? Apostar no e-commerce!

A paranaense Gazin percebeu no mercado online uma oportunidade para dar início a um novo projeto, criando aos seus clientes uma loja virtual para torná-los mais competitivos. Com o Parceiro Online – a Gazin investiu inicialmente R$ 300 mil para implantar o projeto – o cliente cria uma loja virtual integrada com o estoque da Gazin, passando a ter uma ferramenta para explorar esse mercado em potencial crescimento. “Enquanto as vendas físicas dos nossos clientes têm ritmo parecido ao de 2014, nossos sites registraram crescimento de 20% neste ano. Em 2013 o crescimento foi de 40%, mas como estamos no meio de uma crise, 20% é um excelente indicador”, informa o gestor de e-commerce da Gazin, Wesley Alves.

Segundo a Gazin, a maioria dos clientes que apostou na ferramenta para tornar o negócio mais competitivo são pequenos e médios empresários. Até agora, 177 clientes já aderiram ao projeto. A meta da Gazin é fechar o ano com pelo menos 300 novas lojas virtuais. “Além de ampliar o mercado de atuação, o maior benefício é que nosso cliente pode aumentar a oferta de produtos para seus clientes, sem precisar de um estoque, pois tudo isso é integrado com nossa empresa”, explica Alves.

O Parceiro Online oferece uma plataforma de e-commerce completa, com ferramentas de alta tecnologia que garantem funcionalidade e segurança para o lojista, de forma personalizada. “O site de vendas oferecido é fácil de usar e configurar. Após o cliente se cadastrar, a loja online é disponibilizada em até 48 horas”, explica o gestor. A Gazin ainda oferece suporte para que o varejista administre seu negócio.

Case

A Infoconectado, do interior de SP, aderiu ao “Parceiro Online” neste ano e já percebeu alta no faturamento. No mês de maio, por exemplo, primeiro mês de projeto, somaram um valor bruto de mais de 40 mil reais. Já no mês de setembro, o valor foi de 70 mil. Segundo o gerente financeiro da empresa, André Bozzato, a cada semana as vendas crescem. “Por se tratar de nichos que não trabalhávamos e estamos conhecendo, consideramos um bom resultado. Temos um planejamento de crescer pelo menos 100% até o final do ano. Sem o estoque integrado os números que conquistamos seriam inalcançáveis sem um alto investimento. Essa parceria é uma oportunidade ímpar de crescimento às pequenas e médias empresas, principalmente àquelas que não têm condições de ter um estoque e oferecer um mix com mais de mil produtos”, diz Andre Bozzato, Gerente Comercial e Financeiro da empresa.

Se por um lado a proposta da Gazin era melhorar, fidelizar e atender as necessidades dos clientes, por outro, a empresa já traçou planos de faturamento e pretende, com o Parceiro Online, gerar crescimento nas compras dos clientes e, naturalmente, impulsionar suas vendas. “Com certeza, o aumento no faturamento da empresa – atualmente de 1,2 bilhão – será um processo natural”, assinala Wesley. Implantado em 2015 o Parceiro Online, em seus primeiros 6 meses de existência, fez crescer em 60% a média de compra dos clientes.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *