Escrito por: Redação GF+ | Data de Publicação: segunda-feira, 16 abril, 2018

ExpoPrint 2018: resultados marcam momento de transformação na indústria de impressão

Um momento que marca a transformação da indústria de impressão da América Latina. Esta foi a ExpoPrint Latin America. A feira mostrou a mais alta tecnologia para um público qualificado, batendo recordes e alcançando 50216 visitantes em cinco dias de feira, que acompanharam mais de 750 marcas dentro dos mais de 300 estandes.

A visitação internacional é um destaque da ExpoPrint. Foram 4684 profissionais vindos de toda a América Latina e outras partes do mundo, consolidando a feira como o acontecimento mais importante do mercado de impressão da América Latina. A geração de negócios superou todas as expectativas, ultrapassando a marca de R$ 900 milhões em negócios gerados durante a realização da feira, número que certamente será superado com a inclusão de negócios que serão fechados nos próximos dias e meses.

Em sua quarta edição, os resultados consolidam a ExpoPrint como o lugar em que os negócios acontecem. Expositores e visitantes relataram que a feira foi o grande impulsionador da retomada da indústria, que voltou a investir e se animar com o futuro que vem pela frente, levado principalmente por tecnologias de primeiro mundo apresentadas ao vivo nos estandes.

Organizadores ressaltam sucesso além das expectativas

Ismael Guarnelli,presidente  da APS Marketing de Eventos, organizadora da feira, destaca o que levou ao êxito do evento: “O sucesso da ExpoPrint é o resultado de um trabalho intenso e contínuo durante os quatro últimos anos. Um projeto ambicioso que superou os mais variados desafios e cenários políticos e econômicos. Expositores e visitantes reforçaram de forma unânime: a ExpoPrint ficará marcada na história da indústria de impressão brasileira como o grande momento da retomada dos investimentos”.

Para Eduardo Sousa, presidente da Afeigraf (Associação dos Agentes de Fornecedores de Equipamentos e Insumos para a Indústria Gráfica), realizadora da ExpoPrint, é unânime nos corredores que a feira superou todas as expectativas. “Além da esperança de retomada econômica, há muita gente qualificada e disposta e investir em tecnologia. E é preciso destacar a qualidade dos expositores. Foi uma feira completa, com todas as tecnologias: offset, flexo, digital, inkjet grande formato. Isso atraiu muito o público porque a ExpoPrint atende a todas as necessidades, públicos e segmentos da nossa indústria”.

De acordo com Alexandre Keese, diretor da APS Marketing de Eventos, foi possível sentir os resultados pelos corredores da feira: “A ExpoPrint superarou todas as expectativas, foram 5 dias com soluções apresentadas pelas principais empresas do mundo, oferencendo ao visitante o que existe de mais moderno e alta tecnologia. Tais características garantem a ExpoPrint  uma posição única dentro do mercado, e que registrou mais uma vez a volta da confiança e que dentro desta indústria ainda existe muito a se fazer. Podemos falar que 2018 é o ano da impressão no Brasil”.

Tecnologia em alta dentro da ExpoPrint

Durante os cinco dias de evento, os visitantes acompanharam tecnologia de ponta pelos estandes dos expositores. Foi possível ver equipamentos de impressão offset em funcionamento e produzindo com alta velocidade e qualidade, mostrando que este segmento segue forte e inovador. Todos as soluções para a impressão perfeita estavam presentes, ajudando os empresários a ter um contato direto com seus atuais fornecedores e conhecer novas empresas para o fornecimento de materiais.

A cada edição da ExpoPrint a impressão digital mostra-se mais forte, reforçando o papel de aliada das outras tecnologias de impressão. Foram lançamentos em impressão digital para diferentes objetivos: mercado fotográfico, comercial, editorial, embalagens & rótulos e outros, das menores tiragens à produção industrial. A estamparia digital têxtil evoluiu e trouxe para a feira novas oportunidades, seja em vestuário, decoração ou sinalização.

A impressão digital em grandes formatos para sinalização & display foi vista em muitos estandes, mostrando versatilidade e praticidade. As tintas tiveram um espaço especial mostrando-se adaptadas às recentes demandas do mercado, tanto em qualidade de reprodução, economia, rápida cura – com apoio de novos desenvolvimentos como UV LED – e sustentabilidade. O apelo sustentável, inclusive, esteve por toda a feira, com aplicações que focam não só na economia de custos mas no impacto zero ao meio ambiente.

Em flexografia, o convertedor acompanhou impressoras em funcionamento, além do universo flexográfico: anilox, chapas de fotopolímeros, chegando à gravação de clichês e às clicherias. A impressão digital em corrugados, para baixas e altas produções, fez parte do evento, assim como equipamentos de acabamento às mais diferentes tecnologias de impressão e necessidades de mercado, do editorial à embalagem.

Para integrar os processos, uma infinidade de softwares foi demostrada ao vivo nos Pavilhões Azul e Branco. Dos sistemas de gestão, passando por softwares de controle de workflow, prova e gerenciamento de cores, inspeção, segurança, às possibilidades das soluções de web-to-print, mostrando que a impressão está totalmente conectada com as tendências da sociedade.

A ExpoPrint foi assim o palco da inovação. A impressão 3D mostrou seu poder. Muitos expositores levaram impressoras 3D dos menores formatos até soluções de gigantografia. Alguns expositores aproveitaram ainda avanços tecnológicas de outras indústrias para apresentar seus produtos na feira, como o uso de aplicações de realidade aumentada e óculos de realidade virtual. Tudo isso comprovou em definitivo o lema adotado pelo maior evento de impressão das Américas: “Se é impressão, é ExpoPrint!”.

Features e Iniciativas Educacionais aprimoram experiência de visitação

A APS Marketing de Eventos, organizadora e promotora da ExpoPrint, tem como missão transmitir conhecimento ao mercado de impressão. Nos cinco dias de feira, os visitantes entenderam mais sobre a indústria da qual fazem parte, adquirindo novos conceitos nos congressos promovidos: Congresso de Impressão Digital, Digital Textile Conference, Flexo Talk & Show e Gráfica 4.0, além da Ilha da Sublimação e do CAMBEA #8.

No Congresso de Impressão Digital, com patrocínio da Ibema, foi mostrado um quadro geral da indústria, as tendências, como melhorar a gestão interna e outros pontos relevantes. O FESPA Digital Textile Conference, com patrocínio da Global Química & Moda, trouxe o mundo da estamparia digital. Em parceria com o Núcleo Gráfico Senai, o Gráfica 4.0 apresentou o que é a Indústria 4.0 e suas implicações nas gráficas brasileiras. E, por fim, a Abflexo organizou o Flexo Talk & Show Special Edition, mostrando a força da flexografia na impressão e conversão de embalagens e rótulos.

A Ilha da Sublimação, parceria com a FESPA e ComunidadeWEB, uniu palestras nos cinco dias da feira, terminando sempre em um workshop, além da exposição de produtos criados através da técnica da sublimação; o espaço recebeu muitos visitantes com vontade de empreender. A sublimação, inclusive, foi uma tecnologia em alta na ExpoPrint, com empresas mostrando ferramentas diferenciadas para este mercado.

Alexandre Keese destaca a importância das iniciativas: “Além das soluções inovadoras apresentadas por mais de 750 marcas, trouxemos um conteúdo da mais alta relevância. Foram quatro congressos com o perfil da Gráfica 4.0, as facetas da estamparia digital, além de flexografia, comunicação visual e impressão digital. Já a Ilha da Sublimação trouxe um conteúdo super interessante e uma área de showroom. E claro que a competição não podia ficar de fora: o CAMBEA trouxe seu brilho mais uma vez, com uma competição de alto nível”.

WS Adesivações é a grande campeã do CAMBEA #8

Cinco dias de muita adrenalina até a coroação dos grandes campeões. Este foi o CAMBEA #8 na ExpoPrint 2018. A dupla campeã foi formada por Wellington e Rafael, da WS Adesivações, de Fortaleza (CE). O segundo lugar ficou com a Gênesis, de Rio Grande (RS) e o terceiro com a Prime, de Santa Maria (RS).

A oitava edição do CAMBEA contou nos três primeiros dias com 16 equipes disputando as baterias classificatórias. O público viu de perto o trabalho cuidadoso de profissionais do envelopamento de todo o Brasil. Após as classificatórias, chegou a semifinal. Além da adesivação de partes do carro, houve uma surpresa: envelopar uma guitarra. Os melhores foram para a grande final no sábado. No último dia de CAMBEA, foram quatro horas para envelopar o carro completo. Os presentes viram uma habilidade única, inspirando e ajudando os envelopadores que acompanharam a grade festa do setor.

Ao fim dos cinco dias, o grande vencedor foi anunciado. A dupla Wellington e Rafael, da WS Adesivações, time que já havia vencido o CAMBEA Nordeste e agora sagrou-se campeã brasileira. Eles falaram sobre a importância da conquista: “Desde Fortaleza que viemos nesta batalha. Quero agradecer a Deus e por toda nossa dedicação e trabalho. Se a gente não tem um sonho e não pensa em realizar, nosso trabalho é em vão. Estamos muito felizes. É bom que as pessoas acreditem que no Ceará há ótimos profissionais e é preciso valorizar estes talentos. Gostamos muito do que fazemos todos os dias”.

Marcelo Souss, diretor da Alltak e idealizador do CAMBEA, fala sobre o evento deste ano: “O CAMBEA #8 foi um sucesso na ExpoPrint. A feira toda foi um sucesso na verdade, com público de qualidade. Estamos felizes em expor nosso mercado, ainda muito novo. Este ano tivemos algo surpreendente, com a final com o pessoal de Fortaleza, campeões do CAMBEA Nordeste, que faturou o prêmio aqui também. A Gênesis ficou em terceiro ano passado e agora em segundo. E o campeão 2017 ficou em terceiro. Isso mostra o alto nível dos participantes”.

No CAMBEA Fast, houve mais recorde batido, além do envelopamento das guitarras. O CAMBEA Lab trouxe técnicas novas com Justin Pate. “Ficamos felizes porque conseguimos passar a energia e possibilidades que o envelopamento permite. Estou muito satisfeito de estar aqui na ExpoPrint. Já estamos garantidos com certeza na FESPA Brasil 2019 e já preparando o CAMBEA 9. Vamos trazer muita coisa nova”, finaliza Marcelo.

Confira os depoimentos dos expositores que ressaltaram a retomada do crescimento na ExpoPrint Latin America 2018

Edson Zanetti Skrzeczkowski, gerente de negócios do segmento comercial e editorial da América do Sul – Actega
“A Actega está bastante satisfeita com o movimento da feira e os resultados dos visitantes. Recebemos clientes tanto de São Paulo como dos que não pouparam investimentos para vir de todas as regiões do país. Como a ExpoPrint acontece a cada 4 anos e é considerada a principal feira da América Latina da indústria gráfica, atrai muita gente desta região. Uma grande sacada desta feira é que ela acontece intercalada com a drupa. A cada dois anos, o produtor gráfico tem a oportunidade de ver o que acontece no mercado. Estamos satisfeitos pelos resultados. Nosso estande foi muito elogiado, trouxemos toda nossa força de vendas e parte técnica. Temos a presença dos grandes executivos da Actega aqui em nosso estande”.

Eduardo Sousa – gerente de marketing da Agfa Graphics para a América Latina
“A Agfa mostrou novidades de seu portfólio, que é muito completo. Em chapas, a novidade é a Energy Elite ECO. Trouxemos a Arkana, processadora inteligente e ecológica, com alto rendimento. Em inkjet, trouxemos os extremos do portfólio: a Jeti Tauro, high-end de alta produtividade, e a entry-level Anapurna 1650i LED, que tem impressionado quem quer entrar no UV. Em software, a Agfa acredita na integração, gerenciamento, padronização, repetibilidade e venda pela internet (web-to-print) e trouxe todas as suas soluções. E o Conceito ECO3: economia, ecologia e extra-conveniência, com chapas ecológicas CTP e processadora”.

Osias Bomfim, Diretor Administrativo da Allclinner
“Ao participar do maior evento de impressão das Américas, evidenciamos nossa vontade de apresentar ao mercado a Allclinner como uma nova opção de fornecedor de soluções técnicas e estabelecer parcerias comerciais. Recebemos inúmeras visitas de clientes, nacionais e internacionais, demostrando o sucesso da Allclinner nesta importante feira”.

Marcelo Souss – diretor da Alltak e idealizador do CAMBEA
“No estande da Alltak trouxemos um carro para envelopar, com o envelopador holandês Joffrey Van Der Jagt fazendo desenhos incríveis. E muitos produtos novos: toda a linha de decoração que usamos para decorar nosso próprio estande. Um exemplo é a linha de adesivos texturizados, além de cores novas, seguindo a tendência da paleta de cor dos carros 2018/2019. Estou satisfeito de estar aqui na ExpoPrint. Já estamos garantidos com certeza na FESPA Brasil 2019 e preparando o CAMBEA 9, quando vamos trazer muita coisa nova”.

Rodrigo Abreu, sócio-presidente da AlphaGraphics
“Como acontece em todos os anos durante nossa participação na ExpoPrint, mais uma vez recebemos investidores e profissionais de diversas partes do Brasil, de olho nas vantagens do modelo de negócios de uma franquia AlphaGraphics. Por sermos uma marca forte e consolidada no mercado gráfico mundial, nosso estande sempre recebe inúmeras visitas. Focamos nossa participação na expansão da rede e conseguimos cumprir esse objetivo, ao atrair um seleto e qualificado grupo de empresários, interessados em nossos constantes investimentos em equipamentos, processos e tecnologias para a rentabilidade das unidades franqueadas”.

Hadriano Domingues – Diretor de Planejamento e Marketing da Alphaprint
“Trouxemos na Alphaprint várias soluções, desde a pré-impressão, com software, impressão digital colorida e preto & branco, 3D, acabamento e consumíveis. Foi uma surpresa agradável, o fluxo de pessoas tem sido muito bom, pessoal qualificado, interessado. Como trouxemos muita novidade, o estande esteve sempre cheio. Já fechamos negócios e esperamos que concretizem ainda mais negócios”.

Ricardo Augusto Lie – diretor de Negócios da Ampla
“A Ampla teve um resultado realmente positivo, com movimento que superou as expectativas, um público qualificado. Mostra a retomada com vigor que o mercado tem apresentado, com o visitante em busca de soluções e alternativas, abrindo a cabeça para novas fronteiras que a impressão vem atingindo e transpondo. O mercado gráfico vai muito além do que tradicionalmente se conhecia e a impressão digital, como da Ampla, vem sendo o encaixe perfeito do que as empresas vem buscando. A perspectiva é muito positiva aos próximos meses pós-feira, especialmente por ser no começo do ano, primeiro trimestre, o que destrava os negócios a serem fechados durante o ano. A expectativa é positiva e bons negócios serão fechados na sequência do evento”.

Roberto Moreira, presidente da Andigraf
“Para nós foi um sucesso, nos surpreendeu positivamente. Um público muito maior do que esperávamos. Escolhemos a feira para lançarmos a Andigraf e foi casa cheia. A gente tinha uma expectativa de filiação e batemos todas as metas. A aceitação da nova entidade foi muito boa. O pessoal da comunicação visual gostou da entidade. Eles não tinham uma entidade para representar e agora têm. Nossa parceria foi boa e vamos participar das próximas feiras, FESPA Brasil 2019 e ExpoPrint 2022”.

Norberto Wiederkehr, CEO da Bobst no Brasil e América Latina
“A ExpoPrint foi um sucesso para a Bobst. Não só pelo novo visual do estande, mas muito importante foram os negócios gerados aqui, durante a feira. O estande foi extremamente bem visitado. Tivemos a oportunidade de mostrar toda a tecnologia e inovação focada principalmente na produtividade e competência em custo. O balanço foi extremamente positivo e esperamos que os projetos que entraram no Pipeline se revertam em vendas para a Bobst Brasil já no primeiro semestre e mais adiante no segundo semestre”.

Marina Bonk Palma, gerente de vendas da Bonk
“A feira foi ótima para movimentar a marca e receber nossos clientes, além de conhecer novos. Tivemos muitos pedidos de orçamentos de equipamentos e máquinas, bem como bastante procura por informações sobre processo fabril. Levamos novidades que estão no mercado mundial, como as impressoras Flexo HD: equipamentos de alta definição de impressão em grandes formatos no papelão, máquinas de setup rápido e alta produção de caixas e precisão, além da impressão digital e seu futuro na área de papelão ondulado”.

Gastón Giudice, Diretor de Desenvolvimento de Negócios | América Latina da Caldera
“A feira foi muito boa, com grande participação nacional e internacional. Foram muitas oportunidades de negócio geradas na feira que pretendemos concretizar em breve”.

Fabiano Peres
, supervisor de revendas da Canon
“A Canon teve uma experiência extremamente positiva durante a ExpoPrint, um movimento espetacular que surpreendeu a todos que estão envolvidos. Os negócios estão sendo concluídos durante a feira. Clientes que chegaram em nosso estande e já fizeram a aquisição do equipamento durante a feira, fora negócios que tínhamos em andamento e foram concluídos durante a ExpoPrint. Foi uma ferramenta espetacular para movimentar este mercado de produção gráfica tão importante para a Canon”.

Raymond Trad, CEO da Comprint
“O balanço é muito positivo. A feira teve um tráfego muito bom e, mais do que quantidade, qualidade. São visitantes que vieram interessados realmente em investir, falar de negócios, são conversas concretas. Tivemos uma boa exposição de produtos com todo nosso mix, de 2D e 3D, esta que atraiu muito interesse de gráficos convencionais e usuários finais. Foram geradas muitas e boas oportunidades de negócio para a Comprint como um todo”.

Sam Ponzo diretor regional das Américas em Advanced Printing da DuPont
“Esta é minha primeira vez na ExpoPrint e estou muito feliz de estar aqui. Eu vejo que a presença de visitantes mostra a vibração do mercado brasileiro e o quanto ele está crescendo. Para nós foi uma grande oportunidade para falar sobre nossos negócios. Vi uma diversidade de clientes vindo até o estande e aprendendo mais sobre a DuPont e nossos produtos”.

Ricardo Pi, diretor geral da Durst no Brasil
“A expectativa era muito alta, mas já no primeiro dia entendemos que ela seria superada. O movimento foi bom e o público foi de muita qualidade. Donos de empresa, decisores, que vieram para a feira realmente para fazer negócio. Foi acima da expectativa”.

Ernande Ramos – diretor de vendas para a EFI da América Latina
“A feira para a EFI foi excelente. Uma grande visitação, bons decision-makers que vieram à feira e viram nossas soluções para o mercado têxtil e comunicação visual, e principalmente nossa linha de softwares, mostrando uma solução end-to-end, com todo o planejamento, desde a retirada do pedido até a entrega. É uma feira estratégica, pois acontece a cada quatro anos. Os clientes vieram em peso ver nossas tecnologias. A expectativa é aumentar consideravelmente a quantidade de leads, gerando novos negócios e levando o que há de mais moderno em tecnologia para software, impressão digital em tecido, cerâmica, madeira e corrugado, como a Nozomi, que fez um sucesso maravilhoso na feira”.

Evelin Wanke, gerente de vendas da Epson
“A feira foi bem interessante para a Epson. Esperávamos um resultado, mas nem tanto quanto foi. E não é uma opinião apenas minha: os vários canais Epson, tanto os que estão com estande próprio como os que estão aqui no nosso estande, colheram bons resultados. O público é bastante segmentado, e temos linhas de produtos para vários nichos de mercado. Em todos os dias de feira o estande estava lotado e a gente conseguiu fazer muito negócio nessa feira. Foi muito bom ter participado”.

Marcos Cardinale, gerente de marketing da Esko
“A feira foi muito boa para a Esko. Conseguimos atrair bastante público, atender bastante gente no estande. Demonstramos nossas soluções de acabamento digital para o mercado de comunicação visual e a tecnologia flexográfica para gravação de clichês, automatização de pré-impressão. Muita gente passou pelo estande, conseguimos fazer ótimos contatos e trazer tecnologia nova nas áreas de flexografia e comunicação digital para o mercado”.

Jânio Coelho – Gerente Geral da Ferrostaal
“A ExpoPrint para a Ferrostaal teve um resultado espetacular. Estamos em um momento em que o país demonstra uma boa recuperação. Montamos um estande atrativo exatamente com que o mercado precisa. Apresentamos as máquinas de acabamento Horizon, MGI, Brausse e a cura LED RMGT. Cada vez mais os clientes passam a ter confiança no investimento, e a máquina de cura proporcionou os melhores resultados na feira, mostrando que o gráfico tem um leque muito grande de impressão em substratos variados com lucratividade. Pelo nível de reuniões, presença de clientes e demonstrações o resultado vai ser excelente. Nós consideramos a ExpoPrint como o grande impulsionador desta virada de mercado”.

Pedro Sá, diretor de vendas do Flint Group
“Uma feira extremamente positiva, em um momento maravilhoso. Uma qualidade de cliente – e de prospects – muito boa. Tivemos diversas oportunidades inclusive de fechar negócio durante a feira. É importante não só para a Flint mas para todos os fabricantes. Temos vários prospects e nossos distribuidores da América Latina aqui no Brasil, como México, Uruguai, Paraguai, Argentina, Chile, Colômbia, todos estão amando a feira. Gostamos bastante da ExpoPrint”.

Felipe Augusto, Gerente de Operações da FuturaIM.
“A ExpoPrint 2018 foi mais uma vez muito especial para a FuturaIM. Apresentar nossa nova identidade visual e posicionamento, lançar novos produtos, além de estar mais próximos de muitos clientes para coletar feedbacks sobre todas as ações que promovemos nos últimos meses foi bastante importante para nossa marca”.

Caio Nakagawa, Gerente de Produto do Grupo Furnax
“Um balanço positivo. Percebemos que a ExpoPrint trouxe um entusiasmo muito grande para o mercado. Desde que o portão abriu foi algo fantástico. Ver clientes vindo não apenas para querer conhecer a tecnologia, mas para negociar, discutir e concretizar negócios. Em linhas gerais, a edição 2018 tem se mostrado acima das expectativas, demonstra um otimismo do mercado muito grande. Vendemos todos os equipamentos expostos, além de outros disponíveis em nosso estoque. Abrimos também novos projetos que serão trabalhados nos próximos meses. Os clientes estão com muito trabalho e 2018 tem se mostrado um cenário de investimento, que traz força para o mercado gráfico e comprova que a demanda continua, os clientes estão mais preparados e o mercado vai continuar progredindo. Esta é nossa percepção da ExpoPrint 2018”.

Felipe Sanchez – CEO da Global Química & Moda
“A GQM sai de mais uma feira ExpoPrint muito satisfeita. Pelos negócios que fechamos aqui, posso dizer que foram muito acima da expectativa, mas também pela qualidade dos visitantes e dos parceiros que aqui estiveram. Tivemos visitação de fora do Brasil e ficamos contentes em participar do Digital Textile Conference trazendo conhecimento e compartilhando o que a gente sabe. É ótimo ver o interesse na parte técnica também. Uma feira muito positiva do ponto de vista comercial e de conhecimento. A gente sai extremamente satisfeito e desde já muito ansioso para a próxima edição”.

Paulo Monteiro, VP de Vendas da GMG Americas
“A ExpoPrint foi bem planejada e divulgada pelos organizadores, com um público muito bom. Em dois dias trabalhamos até depois da feira fechar porque as pessoas foram parando em nosso estande com dúvidas sobre os produtos. A maioria era técnica, tomador de decisão, incluindo gerentes de produção, de pré-impressão e proprietários. Embora a feira aconteça no Brasil, tivemos bons contatos de países como Chile, Argentina, Uruguai, Paraguai e Peru. Nós e nossos dealers fechamos pedidos durante a feira e estamos bem otimistas que vamos cumprir muitas outras ordens no futuro próximo”.

Ludwig Allgoewer, presidente da Heidelberg do Brasil
“O balanço é muito bom. Pelo momento da feira, nessa saída da crise, ela serviu como a plataforma para uma nova fase do Brasil. Tivemos uma resposta muito forte do mercado. E os primeiros clientes já estão investindo novamente. Foi muito bom para nós e no momento certo”.

Richard Möller, diretor da hubergroup Brasil
“A ExpoPrint foi excelente para a gente, a expectativa é que tivéssemos bastante movimento, a feira estava cheia todos os dias. Nosso objetivo era o relacionamento com os clientes, algo institucional. Os clientes nos visitaram e nos elogiaram. Estamos muito satisfeitos com o resultado”.

Heysler Hey, gerente da Hybrid Software no Brasil
“Na ExpoPrint, pudemos apresentar nossas soluções em um stand próprio pela primeira vez em um grande evento internacional. Tivemos grande receptividade, novos contatos e certamente bons negócios serão gerados a partir da feira”.

Diego Garcia, gerente de Exportação da Ibema
“A ExpoPrint traduz muito sobre o que entendemos da relação próxima com o cliente, uma construção de relação significativa que não tem preço. A Ibema tem isso no seu DNA, e é o nosso grande diferencial. Recebemos clientes de toda a América Latina, EUA e Europa e é gratificante mostrar um pouco da companhia, reforçar os nossos valores e a qualidade de nossos produtos”.

Luis Nei Arias, presidente da IBF
“A feira foi excelente, além do esperado. Isto é unânime por todos os expositores. A gente tem visto um clima de otimismo muito grande, com a ExpoPrint servindo como um marco para a virada do mercado, que está com um astral muito positivo”.

Jose Carlos Ribeiro, diretor da INX do Brasil
“A ExpoPrint excedeu nossas expectativas, especialmente em Flexo e Rotogravura. Foi a primeira vez que incluímos na ExpoPrint as tintas com base solvente no escopo, e a presença foi muito significativa e profissional”.

Joaquim Ventura – diretor comercial da Kodak
“Foi uma boa surpresa. Já sabíamos que a ExpoPrint seria um sucesso para a Kodak. Mas nunca esperávamos a quantidade de visitantes e clientes que recebemos, e negócios que fechamos. A feira foi muito valiosa porque a América Latina para a Kodak é uma região de grande importância, que está apostando e investindo na região. E a ExpoPrint foi a melhor imersão que a Kodak podia fazer pensando neste crescimento futuro. Todo o resultado é um sucesso para a Kodak”.

Paulo Faria, Diretor geral da Koenig & Bauer do Brasil
“O balanço é muito positivo, o mercado está muito mais animado hoje. A gente sente uma tendência forte de ânimo para o investimento. Então valeu cada centavo estar aqui na ExpoPrint: os contatos, os pedidos, foi tudo excelente”.

Karen Nakamura – coordenadora de marketing da Konica Minolta
“Essa feira foi muito boa para a Konica Minolta. Temos várias placas de “vendido” em cima dos equipamentos, pois realmente tivemos grande visibilidade. Trouxemos uma novidade para o mercado label, que foi uma sensação em nosso estande, além de impressora para o mercado fotográfico e nossos carros-chefes de alta produção. Vendemos muito equipamento durante a feira, esta edição está muito quente para a gente, reforçando que a marca Konica Minolta é bem aceita no mercado. Nosso estande está sempre extremamente cheio”.

Alexandre Feitosa, Gerente nacional da Mimaki
“Mais uma vez a Mimaki está presente na ExpoPrint. Uma feira fantástica em termos de visitante, vindos de todas as partes e regiões do Brasil. Visitantes decisores, uma feira que tem surpreendido com número de visitantes e de negociações. Estamos felizes em estar aqui e esperamos estar presentes em todos os outros eventos”.

Ronaldo Alves Dias, vendedor técnico da Müller Martini
“Participar da ExpoPrint é sempre muito importante. A economia brasileira começou a dar resultados. Pelas informações que recebemos dos clientes o faturamento melhorou e o ânimo para tratar de projetos voltou. Em paralelo, aproveitamos para divulgar novidades ao mercado, como a mais recente aquisição da Muller Martini da divisão da capa dura e flexível da Kolbus. A ExpoPrint sempre foi um sucesso para a Müller Martini desde a primeira edição. Isto mostra que a Müller Martini continua acreditando no Brasil ao participar destes eventos importantes”.

André Tulini, diretor da PrePress
“A Prepress conseguiu colher os frutos por participar da ExpoPrint Latin America 2018 ainda durante a feira. Comercializamos muitos CTPs de alta qualidade para empresas brasileiras da área de impressão antes mesmo da feira atingir a metade de sua duração. O saldo é muito positivo”.

Edson Albano Alves, gerente da Reinaflex
“A feira foi muito boa para a Reinaflex, além de nossas expectativas. Superou as possibilidades e criou um pulmão grande de vendas para os próximos meses. Esperamos agora colher os frutos do investimento”.

Paulo Duarte, Graphic Communications – Canal Indireto da Ricoh
“A ExpoPrint foi uma grande surpresa porque conseguimos realmente atingir o objetivo de divulgar o novo equipamento com tecnologia de impressão a toner com cores neon, uma inovação, e pegar o público-alvo que estávamos interessados há bastante tempo, que é o mercado gráfico da região Norte, Sul, e de boa parte de São Paulo e interior. Já entendemos que o investimento retornou para casa com as vendas que efetuamos dentro da feira. Desde o primeiro dia o número de vendas foi muito bom, tanto de clientes que já estavam negociando como, para nossa surpresa, clientes novos que não tínhamos nenhum contato e vieram para comprar na feira. A ExpoPrint 2018 gerou receita e receita nova. Isto é muito importante para o mercado e principalmente para a Ricoh”.

Anderson Clayton, gerente de marketing da Roland DG Brasil
“Desde o início estávamos otimistas com a ExpoPrint, mas, no decorrer da semana, a feira nos surpreendeu de maneira positiva. O resultado foi muito melhor do que imaginávamos, inclusive o volume de vendas esteve bem acima das expectativas iniciais. Comercializamos equipamentos para as mais variadas necessidades, ideais para complementar o parque de máquinas e capacitar as gráficas a atender altas ou baixas demandas. O mercado dá francos sinais de melhora, a demanda vem aumentando paulatinamente e o cenário econômico, por sua vez, demonstra que a crise ficou para trás. E o que depender da Roland, o setor gráfico contará sempre com o que existe de melhor em soluções para empresários de todos os tamanhos e para atender todas as necessidades”.

Vanessa Izaias, gerente administrativo, Rolos Quality
“Foi nosso primeiro ano na ExpoPrint Latin America. Gostamos muito, nosso estande ficou lotado o tempo inteiro. Fizemos bons contatos com os profissionais daqui do Brasil e também com os de fora”.

Katia Dalama, gerente da Rotatek Brasil
“A gente participa tradicionalmente da ExpoPrint desde o começo. É uma feira muito boa e bem visitada. Estamos muito felizes, este ano desde o primeiro dia recebemos muitos visitantes focados e com interesse. Tivemos boa quantidade e boa qualidade em visitação”.

Sérgio Gotti, diretor da Sertha Brindes
“A cada dia a ExpoPrint Latin America aumentou muito o público, o qual é bastante seleto, com visitantes bem direcionados. Vendi muitas máquinas, até o quarto dia já eram mais de 60 equipamentos vendidos”.

Davis Feler, CEO da Sirius
“A feira atendeu nossas expectativas. Tivemos contato com os gráficos para oferecermos nossa relação de papel e digital. O e-mail pré-feira também funcionou muito bem, tivemos mais de 500 visitas em nosso site. Vimos aqui muitas gráficas buscando soluções mais acessíveis. Tivemos visitantes de diferentes estados e países”.

Andre Nato Machado, vendas internacionais Toyo Ink
“A feira ExpoPrint é um marco muito importante para nós. Em 2010, na primeira edição, não tínhamos nada além do estande e alguns folders. O primeiro quilo de tinta da Toyo no Brasil foi vendido aqui em 2010. Em 2014, foi vendido aqui o primeiro quilo de tinta produzindo na fábrica da Toyo Ink no Brasil. Em 2018, a gente celebra a liderança no mercado de tintas offset no país. A ExpoPrint foi sempre o que impulsionou a gente. Já superamos nossa meta de visitantes em nosso estande, nunca tínhamos alcançado esse número. Nossos executivos do Japão ficaram impressionados com o volume de clientes e negócios gerados que conseguimos alcançar aqui”.

Fabio Arruda Mortara, Country Manager de Two Sides
“O desempenho nesta edição da ExpoPrint superou todas as expectativas. Foram mais de duas centenas de contatos efetivos, duas fichas de inscrição e várias gráficas interessadas em se associar ao projeto. Os números positivos alcançados atestam que o mercado está consciente de que é preciso a união em torno de um projeto que defenda a comunicação impressa como Two Sides, e que busque ampliar mercados como faz Print Power”.

Evandro de Cerqueira Martins
, CEO da Uvtronic e Distribuidor Phoseon Technology na América do Sul
“A ExpoPrint 2018 foi marcada por lançamentos e novas tecnologias, das quais a Phoseon e Uvtronic sentem orgulho em fazer parte: impressoras 3D, impressoras digitais de altíssimo desempenho, além da primeira impressora flexo banda estreita equipada com curadora UV LED fabricada no Brasil. Estamos dedicados a atender os proprietários de impressoras offset, flexo banda estreita e banda larga, serigrafia, cast and cure e litografia/metalgrafia que nos visitaram. Em resumo, a ExpoPrint foi muito acima das expectativas, sinal claro de que a economia do Brasil está reaquecendo. Estamos comemorando o volume de negócios gerado pela feira, que superou em 165% o valor que havíamos projetado”.

Ana Paula Paschoalino Freitas, diretora comercial da VP Máquinas
“Este ano, com a ExpoPrint e os congressos, estamos muito felizes. É a oportunidade de levar um mercado diferenciado do ramo gráfico, que é um braço da comunicação visual: os displays. Estamos bem felizes, com expectativas superadas e na próxima edição estaremos aqui novamente”.

Wagner Pereira Roque, gerente de marketing de produto da Xerox
“A Xerox, a exemplo de outros anos, considera a ExpoPrint Latin America muito importante para o mercado de impressão digital. Trouxemos nossa linha mais moderna de equipamentos, como a iGen 5 com a atração white toner, que fez grande sucesso em nosso estande”.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *