Escrito por: Redação GF+ | Data de Publicação: quinta-feira, 3 setembro, 2015

Mentoria ajusta pontapé para crescimento de empresas

Mentoria ajusta pontapé para crescimento de empresas

Superadas as dificuldades iniciais, empresas recorrem a profissionais experientes para rever estratégias e ganhar novo fôlego

Monitoria ajudou o Grupo Adsive a ampliar negócios por meio do e-commerce | Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo

A metodologia de mentorias no mundo dos negócios dá nova interpretação para a máxima “se conselho fosse bom, a gente não dava, vendia”. Comum no ecossistema de startups e novos negócios, em que empresários experientes orientam os empreendedores em início de carreira, a prática também ajuda quem já está na estrada e busca caminhos de desenvolvimento. Neste caso, o conselho será inspirador, e pode ser de graça.

Foi com esse objetivo que o Sebrae e a Endeavor criaram o programa de Desenvolvimento de Empresas de Alto Impacto. Setenta empresários do Paraná e Santa Catarina passaram por monitorias durante os últimos seis meses para identificar gargalos e estabelecer novas estratégias de crescimento. Além de encontros coletivos com empresários e dirigentes de grandes companhias do país, cada um também teve a oportunidade de ouvir os mentores individualmente.

Para os organizadores do programa, esse é um momento em que o alinhamento entre os perfis do empreendedor e do mentor é fundamental para o sucesso da metodologia. “Mais do que a experiência do mentor ser adequada ao modelo de negócio, ambos precisam ter personalidades complementares, que estabeleçam empatia e admiração”, observa Cirineu Rosa, representante da Endeavor no Paraná.

É a troca de experiências e práticas do dia a dia diante dos desafios de uma empresa em fase de expansão que vai ajudar o empreendedor a tomar decisões e ajustar os modelos de operação que pretendem sustentar o desenvolvimento dos negócios. “São dicas que não estão nos livros, estão na vivência de quem já passou pelo mesmo momento, superou problemas e conseguiu acertar”, explica Rosa. A Endeavor aplica a prática de mentoria junto a seus associados e reúne mais de 300 mentores em todo o país.

Visão ampla

Para o empresário Luiz Otávio Leão, de Curitiba, um dos mentores Endeavor, a prática ajuda o empreendedor a ter uma visão mais geral do negócio, observando as armadilhas que podem existir quando a atenção está concentrada em uma ou duas áreas da empresa. “Em geral, o foco está na produção ou nas vendas. Dificilmente há um olhar mais amplo, que possa trazer alternativas e evitar estrangulamentos no crescimento. Dar essas orientações é que faz a diferença”, diz. O empresário passou pela direção da Leão Junior/ Matte Leão, e hoje dirige a holding patrimonial da família, a Serra da Graciosa.

Outro aspecto importante no processo de mentoria é sobre a responsabilidade do empreendedor. Diferente da consultoria clássica, em que o plano de trabalho é construído em processos estabelecidos, a mentoria exige uma contrapartida ativa da outra parte. O mentor não assume a responsabilidade pela ação efetivamente. Essa será uma tarefa de quem dirige o negócio, a partir do que for identificado junto aos seus mentores.

“Por isso é importante a capacidade de evoluir nos resultados. A mentoria tem uma característica de inspiração e motivação, e o empreendedor precisa de preparo para identificar como aplicar as experiências e orientações do mentor no seu negócio”, observa o consultor do Sebrae, Emerson Cechin.

Encruzilhada do crescimento traz desafios

Passar a barreira dos dez anos de atividades não alivia as angústias do empreendedor. Depois de superar os desafios de estabelecer um novo negócio, mantê-lo e desenvolvê-lo vai exigir novas habilidades para ampliar, diversificar e ganhar novos mercados. O empresário Luiz Fernando Natal dirige o Grupo Adsive, especializado em comunicação visual, e decidiu abrir uma plataforma de e-commerce para ampliar os negócios.

“Não tinha nenhum conhecimento na área, mas identificamos como uma boa oportunidade”, diz. A monitoria ajudou a alinhar a estratégia de distribuição, fazendo os ajustes necessários para a operação rodar com sucesso.

Foi o mentor que chamou a atenção para o potencial de alcance do novo canal. A área precisou crescer de um para três funcionários e deve abrir mais duas vagas nos próximos dois meses.

“O desempenho das vendas pela internet surpreendeu. Quando começamos, o e-commerce representava 5% do faturamento e estava dimensionado para corresponder a 20%. Hoje responde por 40%”, diz.

As observações do mentor também mudaram a forma de Hario Tieppo, fundador da Verde Brasil, enxergar o próprio negócio. Fabricante de polpas de frutas orgânicas congeladas desde 2002, há um ano ele iniciou a produção de geleias, de olho na mesma rede de distribuição que havia construído ao longo da trajetória da empresa.

“Estava focado na produção e no canal de vendas. Percebi que faltava comunicar sobre a qualidade e o sabor do meu produto, que poderia ter outro nível de alcance”, conta o empresário.

“Eles sabem muito sobre o próprio negócio, mas uma visão amplificada ajuda a fazer ajustes finos”, lembra o mentor de Tieppo, Luiz Otávio Leão.

Projeto piloto subsidia ação de mentores e prepara terreno para novas edições

Apoiada na metodologia Endeavor de promover as mentorias entre empreendedores iniciantes, o projeto de Desenvolvimento de Alto Impacto realizado em parceria com o Sebrae é uma atividade piloto que pode ser replicada em outros estados e em novas edições.

A que foi encerrada no último dia 20 de agosto, com a participação de empresários paranaenses e catarinenses, teve duração de seis meses e foi o resultado de uma peneira de mais de 350 empresas avaliadas somente no Paraná.

“O objetivo era identificar empresários com potencial de crescimento e alto impacto e que precisassem ter acesso a novos referenciais de mercado”, explica o consultor do Sebrae, Emerson Cechin.

Apoio

Presente no país há 15 anos, a organização Endeavor reúne mentores entre os principais empresários e dirigentes do país, que doam seu tempo e conhecimento em orientações a empreendedores iniciantes.

A maior parte dos programas de mentoria é realizada por meio de parcerias com companhias maiores e entidades de apoio, que garantem o subsídio dos participantes.

A Endeavor também mantém o Promessas Endeavor, em que os empreendimentos com potencial de alto impacto e crescimento se candidatam para as mentorias e podem evoluir para participação no programa Empreendedores Endeavor. Para mais informações, acesse o site endeavor.org.br.

 

Reportagem publicada no jornal Gazeta do povo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *