Escrito por: Redação GF+ | Data de Publicação: quarta-feira, 29 março, 2017

Recorde de público marca ExpoPrint Digital / FESPA Brasil 2017 e comprova força do mercado de impressão

A ExpoPrint Digital / FESPA Brasil 2017 registrou um enorme sucesso de público e de negócios gerados, com quebra de recordes em visitação. Foram 15.154 visitantes únicos, superando todas as outras três edições anteriores da feira no país, reforçando que o Brasil conta com uma indústria de impressão forte, competitiva e pronta para superar todos os desafios impostos pelo mercado.

O otimismo do segmento é comprovado pelos depoimentos dos expositores, que de forma unânime destacaram que a feira superou todas as metas estipuladas. Muitos expositores relataram que logo entre o segundo e terceiro dia já haviam batido a meta prevista para toda a feira, além dos contatos que serão trabalhados durante o ano.

Visitantes de todas as regiões do Brasil e do exterior passaram pelos corredores, presenciando lançamentos em impressão digital para os mais diferentes segmentos, como comunicação visual, sinalização, têxtil, baixas tiragens, dados variáveis e muito mais; são soluções que transformam os conceitos de produção das empresas de impressão.

Alexandre Keese, diretor da FESPA Brasil, celebra: “A ExpoPrint Digital / FESPA Brasil foi um tremendo sucesso. Foram quatro dias de corredores lotados, profissionais vindos de todos os estados brasileiros, visitantes internacionais, todos buscando por novas tecnologias em hardwares, softwares e substratos, inovações para realmente conquistar um lugar especial em seu negócio. O que há de mais moderno no mundo esteve aqui dentro. Estamos com a missão cumprida.”

Neil Felton, CEO da FESPA, frisa o sucesso único da FESPA Brasil: “A FESPA Brasil 2017 é de longe umas das melhores feiras que já vi no Brasil ou ao redor do mundo. Bastava olhar os corredores. A forma que medimos se uma feira é boa é pela resposta dos clientes. E eles disseram de forma unânime que a feira foi fantástica. Nós temos aqui a melhor taxa ao redor do mundo de visitante por metro quadrado em uma feira. Isto é fantástico e mostra que a energia do mercado está muito forte”.


Otimismo e confiança marcam ExpoPrint Digital / FESPA Brasil

O CEO da FESPA prossegue: “Nós falamos com um cliente que disse: as pessoas estão sorrindo. E isto é um bom sinal. Quando os brasileiros estão sorrindo a economia brasileira está caminhando na direção certa e eu tenho certeza que a impressão tem um futuro positivo no Brasil. Será visto um grande crescimento neste mercado nos próximos anos”, finaliza Felton.

Michael Ryan, FESPA’s Exhibition Manager – Americas, concorda com esta posição: “Há muito sobre otimismo vindo ao evento. Vi compradores e as principais pessoas do setor no Brasil vendo o que há de novo na indústria. Os números são incríveis. Estamos realmente felizes. O Brasil está se aprimorando o tempo todo, e eu acho que aqui é realmente um bom mix porque temos de um lado a impressão comercial da ExpoPrint Digital e de outro a impressão de grande formato da FESPA. A fusão é incrível. Temos um grande sentimento sobre a feira. Estou realmente positivo sobre o momento da indústria e teremos um grande futuro”.

Eduardo Sousa, presidente da Afeigraf, realizadora da ExpoPrint Digital, relata sua visão da feira: “O que vimos na ExpoPrint Digital foi a busca por novas soluções, ideias e conceitos que serão integrados nos parques gráficos do Brasil. Caravanas com empresários vieram de todas as partes do país e isto prova que por toda a parte a confiança está em alta e os investimentos voltaram. Os expositores nos relataram a concretização de importantes negócios e novos contatos que serão trabalhados posteriormente”.

Expectativas dos expositores da FESPA Brasil são superadas pelo qualificado público

Os expositores da FESPA Brasil sentiram nos corredores e estandes lotados mais do que um público em quantidade, mas uma qualidade dos profissionais que iam ao estande prontos para fazer investimentos, sabendo o que queriam.

Bernardo de Lima Galvão, gerente regional de vendas Brasil da MS Printing Solutions, empresa Parceira de Soluções da FESPA ao redor do mundo, conta: “Como todos os anos, a FESPA Brasil é interessante para manter contato com clientes, dar suporte e explicar novas tecnologias disponíveis no mercado. Este ano foi movimentado, com muito acesso dos clientes ao nosso estande; os dias de feira foram muito positivos”.

Galvão completa relatando o alcance da feira pela América Latina: “A boa visitação ajuda a consolidar nossa marca. Temos uma marca global e a cada FESPA conseguimos destacar a MS no Brasil e por toda a América do Sul. Tivemos clientes da Argentina, Chile e Peru visitando nosso estande, colaborando para reforçar nosso nome no continente”.

O público diferenciado foi relatado por Edissa Furlan, gerente de marketing de Artes Gráficas da HP do Brasil: “A feira foi uma grata surpresa. Tenho duas coisas a destacar. O primeiro é pela juventude: os empreendedores do futuro começaram a olhar máquinas e estão interessados. Atendi gente muito interessante, jovens empreendedores do país, que através da internet, do design e da impressão estão vendo um potencial de negócios. Conversei todos os dias com gente assim. E o outro destaque é o pessoal que já conhece a tecnologia e está comprando a segunda e a terceira máquinas: acreditou, apostou e agora está indo atrás de mais tecnologia”.

A Mimaki Brasil mostrou novidades bem recebidas, como destaca Alexandre Feitosa, supervisor comercial na Mimaki Brasil: “A FESPA Brasil foi excelente para a Mimaki. A gente tem alcançado grandes resultados. A quantidade de clientes que recebemos no nosso estande devido ao posicionamento logo na entrada da feira foi bem positiva. Os clientes adoraram as grandes novidades logo na entrada do evento. O público em si tem trazido novos negócios para a Mimaki e estamos contribuindo com eles”.

Anderson Clayton, gerente de marketing da Roland DG Brasil, também frisa o público qualificado: “A visitação foi excelente, de um público bem qualificado, informado e decidido. A expectativa é de colhermos grandes frutos no pós-feira, fechando bons negócios nos próximos dias. Quanto ao mercado para 2017 estamos super otimistas, vislumbramos um cenário infinitamente mais acreditado do que o ano passado”.

Fabio Cestari, gerente regional da Serilon, fala da importância da feira para o mercado: “Nós decidimos vir muito focados com as duas principais marcas de suprimentos que distribuímos: a Starflex e a Starpac. O objetivo principal era o de reforçar o posicionamento destas duas marcas. Fazendo um balanço geral da feira, tivemos um desempenho muito bom e teremos frutos interessantíssimos. Grandes formadores de opinião do nosso segmento estiveram no nosso estande discutindo a respeito de toda nossa linha de produto: equipamentos, tintas e suprimentos em geral que distribuímos. Foi uma escolha acertada. Ficamos muito felizes com nossa participação e todos os negócios que projetamos a partir das reuniões que fizemos no nosso estande”.

Com equipamento sendo apresentado pela primeira vez no país, a Durst teve êxito na feira. Ricardo Pi, diretor geral da Durst Brasil, comenta: “A FESPA Brasil tem nos surpreendido ano a ano. E em 2017 não foi diferente. Muitos decisores de negócios, empresários que vieram à FESPA dispostos a comprar equipamentos. Então tivemos uma qualidade de público muito boa, e uma quantidade de visitantes bem satisfatória”. O diretor de operações da Ampla Impressoras Digitais, Sidnei Marques, declara: “Recebemos em nosso stand profissionais que, na sua grande maioria, decidem os investimentos da empresa. Este diferencial, combinado com os produtos e serviços que a Ampla trouxe para a feira – a ELITE RR LED UV; o lançamento do Consórcio Nacional Ampla; e a palestra ‘Entendendo o custo total de propriedade de uma impressora digital – TCO’, fizeram com que o evento superasse nossas expectativas iniciais”.

O CEO Global Química & Moda, Felipe Sanchez, celebrou os resultados da empresa na feira: “O balanço é o melhor possível. Posso dizer com tranquilidade que a FESPA superou todas as nossas expectativas. É a terceira vez que estamos nela e com certeza vocês vão nos ver muitas vezes aqui, pois a Global vê a evolução da feira. O público veio com poder de decisão: são gestores, diretores, donos de empresa. Quando você tem um público qualificado, você sai da feira com negócios concretizados e encaminhados, então o resultado é bem mais mensurável. Saímos bem satisfeitos com o resultado da participação e com certeza participaremos outras vezes, certos da evolução muito grande por parte da FESPA”.

ExpoPrint Digital mostra soluções para transformar produção gráfica

A ExpoPrint Digital mostrou-se mais uma vez como a feira em que a impressão digital é destaque. Soluções de impressão comercial focadas em impressos diferenciados, customizados, com velocidade de produção em baixas tiragens e dados variáveis, estiveram presentes. E os expositores notaram o alto interesse do mercado em integrar estes equipamentos em suas empresas.

O diretor executivo da Xerox do Brasil, Márcio Mattos, fala do caminho acertado que a empresa vem tomando: “O balanço da feira é extremamente positivo, a quantidade de clientes extremamente alta, abrangendo todas as regiões do país, mostrando a diversidade do nosso mercado. Então eu considero que foi uma oportunidade maravilhosa no momento onde a economia começa a mostrar reações e o maior reflexo é esta feira. Isto mostra que estamos no caminho certo e a Xerox está super feliz de estar presente capturando as oportunidades que o mercado apresenta com seu forte portfólio”.

A Konica Minolta trouxe novidades para a feira em impressão digital. Karen Nakamura, supervisora de marketing, conta como foi: “Para a Konica Minolta foi muito bom. Em relação ao ano passado, vimos uma movimentação maior. Nosso estande viveu cheio desde o início até o final da feira para conferir lançamentos em impressão digital. Estamos com expectativas de bons negócios para esta feira”.

As metas previstas para a T&C foram todas batidas, como relata Washington Gomes, coordenador de vendas: “É a primeira participação em feira no ano e foi super produtiva. Os clientes vieram em massa. No segundo dia já passamos a meta de toda a feira. No terceiro dia vendemos em algumas horas oito equipamentos, com ótima aceitação dos clientes. Chegamos a vender cerca de dois equipamentos por hora. Superamos mil vezes nossas expectativas”.

A direção positiva do mercado foi vista por Hadriano Domingues, diretor de Planejamento e Marketing da Alphaprint: “A Alphaprint veio com uma participação institucional, mostrando todo o portfólio em que atuamos nos mais diferentes segmentos. Percebemos um bom astral do público. Uma feira movimentada, com público confiante e motivado. Sentimos as pessoas mais positivas”.

Cristiane Borato, supervisora de marketing na OKI Data do Brasil, relata: “A ExpoPrint Digital é uma feira importante para nós da OKI que focamos no mercado gráfico. Mostramos as máquinas funcionando e as amostras, com tudo que é possível imprimir nesta segmento. Há muito o que se fazer, então queremos mostrar o que pode ser feito dentro do mercado”.

Executivos de todo o mundo atestam qualidade da ExpoPrint Digital / FESPA Brasil

A ExpoPrint Digital / FESPA Brasil é reconhecida por ser uma feira internacional, com visitantes de toda a América Latina. É o momento de executivos e representantes de empresas multinacionais visitarem a feira e se aprofundarem em relação ao mercado nacional.

A Ricoh teve uma forte participação durante a ExpoPrint Digital 2017. Angel Bustamante, diretor de Produção Printing Business Group da Ricoh América Latina, esteve presente e relatou: “A feira está excelente, animada. Muito movimento desde o primeiro dia, com alto fluxo de visitantes, que estão conferindo a tecnologia e soluções de artes gráficas que disponibilizamos aos nossos clientes visando entregar um produto final mais completo”.

Giuseppe Begnini, gerente de vendas da EFI Reggiani, destacou os negócios feitos na FESPA Brasil: “A feira foi muito boa, pois os clientes que chegaram vieram realmente interessados, sabendo as máquinas que queriam adquirir. Fechamos o negócio de uma máquina dentro da feira na área de sublimação e isto é muito bom para nós da EFI Reggiani”.

Clément Mateu, CEO do Hexis Group, esteve no Brasil para anunciar uma parceria com a Sid Signs e ficou positivamente surpreso com a feira: “Estamos bem felizes em vir pela primeira vez ao Brasil e participar deste evento FESPA. A Hexis é um fabricante francês e temos uma parceria ao redor do mundo com a FESPA. É muito legal ver neste evento o desenvolvimento do mercado e qualidade das pessoas que vieram”.

O público profissional também foi sentido por David Pachón, CEO da PrintLat: “Foi feito um trabalho muito bom em atrair público de qualidade. Vou a muitas feiras na área de sinalização e senti que aqui estão os diretores de companhia, com diálogos profissionais, perguntas diretas, de quem sabe o que está falando”. Já para Heberto Pachon, presidente da Imidia: “Ficamos satisfeitos com dois pontos principais: o número de pessoas e o nível do público. Boa quantidade de visitantes os quatro dias, todos muito animados. Vemos a retomada forte de atividade do Brasil, com clientes fazendo diversos pedidos”.

Shyamal Desai, gerente de marketing de DuPont Advanced Printing, esteve no Brasil para conferir o sucesso da iniciativa: “Esta feira foi absolutamente fantástica. Estamos bem felizes em fazer parte da FESPA Brasil. A DuPont sente-se orgulhosa ao atender bem seus clientes e parceiros e uma feira como esta é sempre um excelente lugar para ver todos eles trabalhando conosco e conhecendo nossos produtos”. A DuPont colheu ainda resultados positivos em sua linha Tyvek Dupont, material usado para confeccionar o mapa da feira. Para Marina Valente, líder comercial do Tyvek: “A feira esteve super movimentada, muita empresa da indústria gráfica buscando inovação, e foi o que nós trouxemos para o mercado: inovação através do substrato para impressão Tyvek”.

Jorgen Lindahl, gerente de vendas da SPGPrints, focou no alto interesse nas tecnologias de impressão digital: “Aqui no estande da SPGPrints foi muito bom o balanço. A empresa viu na feira um grande interesse pela impressão digital, especialmente em máquinas, mas também em tintas e suprimentos”. Semelhante visão tem Gastón Giudice, diretor de Desenvolvimento de Negócios na América Latina da Caldera: “A FESPA Brasil 2017 foi muito corrida, com muitos prospectos interessantes. Muitos empresários pelos corredores buscando soluções e novas aplicações”.

Para Fred Desmaret, diretor da Emball’Iso, que representa a Arplac: “É uma feira que realmente atrai todo o setor de comunicação visual. O movimento foi muito bom. Para nossa primeira participação e parceria com a Mimaki, o retorno foi super positivo em termos de contato e de pessoas interessadas em trabalhar com novos substratos”.

Inovação em soluções é destaque na ExpoPrint Digital / FESPA Brasil

A ExpoPrint Digital / FESPA Brasil provou mais uma vez ser palco de lançamentos, soluções inovadoras e diferenciadas para ajudar o profissional de impressão em suas demandas de produção. O especialista de produto senior da Sign Supply, Armando Dias, ressalta a FESPA como palco de inovação: “O balanço sempre é positivo, pois além de poder ver o que acontece no mercado, estamos sempre correndo atrás de novas tecnologias, atualizações, e assim vamos entendendo o que acontece. Eu vejo que a FESPA sempre traz o que tem de mais moderno e atual. Hoje o foco é impressão digital, com parte baseada na sublimação e a outra na comunicação visual”.

A Alltak levou para a FESPA Brasil diversas formas de pensar a personalização de ambientes, como conta o diretor Marcelo Souss: “Estamos felizes em ter novamente participado. Primeiro por ver a feira crescendo, com público de qualidade, incrível. Fizemos muito negócio na FESPA Brasil. Tivemos forte aceitação de nossos produtos, com estande sempre movimentado, com diferentes ambientes. Atingimos nossos objetivos, com muita novidade em adesivo, pois o limite é a criatividade de cada um. Eu já estou ansioso para a próxima edição da feira!”.

Marcio Caillaux, general manager da Marabu, conta: “Tivemos uma feira muito boa. Ficamos impressionados com a qualidade do público: são realmente tomadores de decisão, influenciadores. Ficamos muito contentes com os resultados”. Marcelo Chagas, diretor de tecnologia da SAi International, também saiu satisfeito ao mostrar sua tecnologia de software: “A FESPA Brasil 2017 superou minhas expectativas. O estande da Sai é uma sala de aula, com a intenção de sempre dar suporte ao cliente. Tivemos muita gente interessada, as pessoas querem realmente comprar novas soluções. No ponto de vista geral, foi um sucesso”.

Edsel Lonza, business development manager da ITL LAM, comemorou mais uma FESPA Brasil com bons resultados: “Este ano foi muito interessante para a gente. A qualidade e quantidade de público estão cada vez melhores. No nosso caso vimos muita gente interessada na tecnologia ultravioleta. Então foi mais um ano de sucesso participar da FESPA Brasil e apresentar a nova versão da tecnologia LED”. Quem também colheu frutos na feira foi o BR Group, como mostra o diretor comercial Marcos Brambatti: “Foi uma feira muito interessante. O público é de qualidade e assim fizemos muitos negócios, estamos plenamente satisfeitos com os resultados”.

CAMBEA 7 dá ao campeão a vaga para o mundial na Alemanha

Quatro dias de uma disputa acirrada, alto nível técnico e emoção até o final. Assim foi o CAMBEA 7, que novamente teve como casa a FESPA Brasil. A comunidade do envelopamento promoveu um grande encontro na feira.

Neste ano, o título ficou com os gaúchos da Ellite & Prime, da dupla Pablo de Castro e Beto Quadros, seguidos em segundo lugar pela Fosco e Cia. e em terceiro pela Gênesis. A dupla vencedora, de Santa Maria (RS), falou da emoção em levar o prêmio para casa: “A gente só veio para se divertir e conhecer os amigos do envelopamento pessoalmente. Como era nossa primeira vez, a única meta era ficar entre os cincos melhores. Ir à final já era ser campeão. E levar o título para a casa é incrível, inexplicável. Queremos agradecer o CAMBEA, todos os patrocinadores e o pessoal que está na torcida”.

Marcelo Souss, organizador do CAMBEA 7, fala dos resultados: “O CAMBEA é o maior campeonato de envelopamento do mundo, com um toque brasileiro. É tudo o que envolve: o Justin Pate no CAMBEA Lab ensinando o pessoal a envelopar; um nível elevadíssimo no CAMBEA Pro; todo mundo batendo recorde no CAMBEA Fast envelopando o capô. O principal é a festa dos aplicadores, temos profissionais de todas as regiões do país. O CAMBEA une a classe. E usamos um material com brilho da Alltak nos automóveis. Que venham muitos anos pela frente nesta parceria”.

Alexandre Keese, diretor da FESPA no Brasil, falou da importância do torneio: “O CAMBEA é um campeonato sensacional, muito bem organizado, nível técnico incrível. E o time vencedor agora vai para a FESPA em Hamburgo para o campeonato mundial, o Wrap Masters. E tenho certeza que este ano a taça vem para o Brasil!”.


Congressos Educacionais e FESPA Showroom dão mais opções ao visitante

A FESPA Brasil 2017 recebeu em seus quatro dias de realização seus Congressos Educacionais visando impulsionar a geração de demanda dentro do mercado de impressão nacional. Isto acontece dentro da missão “Profit for Purpose” – Lucro por Propósito – da FESPA Brasil.

O Auditório ficou lotado nos quatro dias com profissionais objetivando desenvolver técnicas e negócios diferentes, entender sobre novos mercados e tecnologias, tirar dúvidas, otimizar seus atuais processos e buscar novos horizontes.

Alexandre Keese destaca a missão de compartilhar conhecimento sempre: “Temos a visão de que o profissional tem que estar preparado de várias maneiras. Em termos de tecnologia, conhecendo os melhores materiais, e estando ciente do panorama do mercado. E aqui ele encontrou esta informação com nossos três congressos”.

A Global Química & Moda foi Patrocinadora do Digital Textile Conference. O CEO Felipe Sanchez trata da relevância da iniciativa: “Falamos da estamparia digital como ferramenta de criação de moda. Foi muito bom ver o interesse do participante. A palestra encheu rapidamente, tinha até gente do lado de fora assistindo. Isso mostra o quanto o mercado está interessado na impressão digital como um todo. Vimos tanto aqueles que estavam no mercado e podiam diversificar no digital como aqueles que queriam entrar na impressão digital. É legar ver que as pessoas têm a feira como um local de buscar conhecimento. E esta é nossa essência: agregar conhecimento técnico ao produto”.

Jorgen Lindahl, gerente de vendas da SPGPrints, conta sua experiência: “A palestra foi muito boa. Muitas pessoas vieram acompanhar com interesse. Mostramos a tecnologia de nossos novos produtos para que os clientes vejam qual é a melhor opção para o negócio deles”. Shyamal Desai, gerente de marketing de DuPont Advanced Printing, relatou: “A FESPA nos deu uma fantástica oportunidade para lançar a nova tinta Artistri para sublimação. E o que é muito positivo sobre esta tinta é que agora nós vamos expandir para uma vasta gama de cabeças de impressão e viscosidades”.

Jefferson Gomes, gerente da cidade de Belém (PA), acompanhou com atenção o evento: “Atuo na área de sublimação de brindes em pequenas tiragens e o Sublimation Day é essencial para mim. Achei as palestras e a feira em si ótimas, com expositores focados; estou falando diretamente com o fabricante, tirando dúvidas. Isto conta muito, pois nos dá mais segurança. Ter um congresso assim é sempre bom, nos dá um sentimento de valorização. É fundamental ter um momento para nós, focado em sublimação, como foi o Sublimation Day”.

Rogério, profissional autônomo de Niterói (RJ), veio à feira na busca de novos negócios e conhecimento: “Quero abrir uma empresa no ramo de sublimação e vim conferir no que é mais interessante focar. Estou estudando mesmo, quero ver propostas, maquinários novos, pois creio que a sublimação tem um campo muito vasto de interesse comercial. A feira está maravilhosa, com profissionais excelentes abordando muito bem os temas e produtos que eles defendem. São informações altamente modernas, novas. Valeu a pena ter vindo do Rio de Janeiro e estou deslumbrando com tudo que vi aqui”.

Marcelino Junior, produtor gráfico de Fortaleza (CE), detalha: “A gente procura sempre participar das feiras para estar antenado do que acontece no mercado. Como produtor gráfico isto é regra, pois vamos colocar em nosso dia a dia para levar mais soluções aos clientes. Gostei muito do Sublimation Day pois é um mercado aquecido e um nicho de negócio que aqueceu a economia local e nacional. Aqui pude ver as tendências do mercado, as soluções para agregar. Foi com certeza muito proveitoso, estar sempre se atualizando é fundamental”.

Os visitantes da FESPA Brasil presenciaram o FESPA Showroom, espaço produzido em parceria com os expositores da feira e com o time da TopColors. O objetivo era mostrar as mais variadas aplicações que são resultado da impressão digital. Keese completa falando desta novidade: “Tivemos a estreia com sucesso do FESPA Showroom, que inovou e mostrou ao profissional de comunicação visual novas aplicações e características para inovar também dentro de seu negócio”.

Público comprova mercado em evolução constante na ExpoPrint Digital / FESPA Brasil

O público qualificado que visitou a ExpoPrint Digital / FESPA Brasil ficou plenamente satisfeito com o que encontrou. É o caso de Dimas Fernando, empresário de Pernambuco: “Estou muito entusiasmado com o tanto de inovação que há em nosso mercado. E essas feiras vêm para contribuir para o crescimento do setor, com o desenvolvimento das empresas que trabalham no segmento. A feira está de parabéns pela magnitude e espero que estas iniciativas sejam fomentadas mais vezes”.

O gráfico Adenio Queiroga, de São Luis (MA) frisou a tecnologia presente nos estandes: “Achei muito interessante. É uma oportunidade de quem está longe dos grandes centros conhecer as novidades. As máquinas de impressão digital estão interessantes e com custo baixo”.

Richard Benitez, designer gráfico, veio de Cidade do Leste, Paraguai, até o Brasil para ver as novidades existentes para o seu trabalho: “Esta é a terceira vez que venho à feira. Vi aqui a inovação da impressão, tecnologias que eu acho que vão “pegar” no mercado. O Brasil está com novidades e é isso que procuramos: inovação para levar para lá”.

Eurico de Melo Filho, de Curitiba (PR), é empresário do segmento de nanotecnologia e foi à feira buscar novidades e ter um panorama do mercado: “A feira tem muitas novidades e tecnologias consolidadas. Vimos muita inovação. As empresas estão bem focadas, conseguimos ter acesso aos expositores. Conseguimos avanços para nossa empresa, com boas parceiras”.

A importância da indústria gráfica é ressaltada por Cintia Ozório, empresária de Nova Friburgo (RJ), “Todas as vezes que eu vim eu aproveitei todas as oportunidades de inovar e melhorar cada vez mais a área gráfica. A gente sempre vê novidades. A gente nasce, cresce e e vive dependendo de gráfica, então por que não estar sempre inovando? E a feira ajuda neste ponto, sempre apresentando as oportunidades do mercado que ajuda bastante para gente crescer cada vez mais”.

Confira mais depoimentos de importantes expositores e de visitantes de todo o Brasil que atestam a qualidade da ExpoPrint Digital / FESPA Brasil 2017:

Cleiton Ribeiro, gerente comercial na Bremen Sistemas: “A ExpoPrint Digital superou nossas expectativas. Tivemos um aumento de 60% em relação ao ano passado, conhecemos novos clientes, tivemos contato com os empresários das caravanas de todo o país e conversamos com nossos atuais clientes para reforçar o relacionamento. A APS Feiras faz parte de nossa história de sucesso”.

Ciro de Lima, diretor da Convertech: “A FESPA Brasil é uma feira com empresários que conhecem a feira fora do Brasil. São empresários formadores de opinião que conhecem o mercado e que querem ideias novas, querem algo fora da caixa, que saiam da mesmice. Amamos a feira e já estamos fazendo planos para as próximas. Tínhamos a ideia número 1 de levar propostas diferentes para as pessoas e conseguimos fazer o que queríamos”

Ana Paula Paschoalino, diretora da VP Máquinas: “O nosso estande estava sempre cheio. As gráficas estão bem mais familiarizadas com as palavras ponto de venda e Comunicação Visual. Neste ano foi visível a transformação inclusive dos expositores. Cada vez mais a área gráfica está sentindo a necessidade de ampliar seu core business e nossas máquinas, por ter uma amplitude de mercados muito grande e um investimento bem acessível, têm se mostrado bem atraentes. Sentimos também uma forte presença de visitantes internacionais”.

Carlos Vargas, departamento comercial da Fremplast: “A feira foi de uma qualidade de clientes surpreendente. Estamos acostumados a participar de feiras e pudemos ver que aqui o público está muito seletivo. Para nós foi muito satisfatório”.

Guilherme Vasconcelos, área de vendas da Shumi: “A feira foi muito produtiva. Trouxe bastante cliente na parte de produção e da impressão têxtil, com uma enorme procura. Com certeza teremos grandes negócios. E vimos um alto interesse das máquinas menores pelos pequenos e médios empreendedores, que estiveram aqui e gostaram. Tivemos muitas vendas destas máquinas durante a feira. No geral, foi muito bom”.

Edinéia Mates, líder nacional de vendas da VersaPic: “O mercado está reagindo bem e querendo investir novamente. A feira foi novamente muito boa, o pessoal está bem positivo para fazer negócios e nossas soluções tiveram uma ótima aceitação”.

Erica Medeiros, coordenadora de vendas da Aplike: “A FESPA Brasil foi uma excelente feira. Está sendo de muito agrado para todos nós da Aplike e temos centenas de contatos novos para trabalhar pós-feira. Foi um sucesso”.

Yure Fontes, diretor da TMT: “A feira foi surpreendentemente muito boa. Muitos negócios aconteceram na feira. Tivemos bons clientes, focados, direcionados para realmente fazer negócio. Resumindo, um excelente público”.

Rogério Otsuka, gerente de produto da Sansuy: “A qualidade de quem veio visitar foi muito boa. Estamos muitos satisfeitos em estar presentes na FESPA Brasil 2017 e mostrar nossas lonas nacionais ao público. Acreditamos que teremos mais negócios pelos contatos que fizemos durante a feira”.

Edson Lee, gerente da Zumaq: “A feira este ano foi bem interessante. Veio o pessoal específico do mercado, que sabe o que quer. Conseguimos verificar o retorno já durante a feira. Foi um ano muito bom para nós”.

Júlio César, gerente administrativo da Exfak: “É a primeira vez que participamos da FESPA Brasil e foi excelente. Tivemos vendas na própria feira e uma grande visitação no estande, que ficou lotado durante os quatro dias”.

Sergio Gotti, diretor comercial da Sertha Brindes: “Foi muito boa a feira. O público é extremamente selecionado. É o segundo ano que participamos e tivemos resultados que superaram a expectativa. O nosso talão de pedidos até acabou. Trouxemos um lançamento que fez muito sucesso”.

Mario Domingues Faria, diretor da MCF Máquinas: “Estive o ano passado e foi bom. Voltamos este ano e foi melhor ainda. Fizemos bons negócios todos os dias. Estou surpreso com o otimismo do mercado. Conseguimos atingir nossos objetivos”.

Visitantes:

Guilherme Reinheimer, empresário, Campinas (SP): “Gostei da feira. A visita é interessante pois sempre dá pra pegar alguma coisa para agregar em nosso trabalho. Gostei muito das impressoras que imprimem em branco, assim como os substratos novos. É fundamental sempre estar conhecendo coisa nova”.

Lucas Paiva, empresário, São Paulo (SP): “É a primeira vez que nós viemos e gostamos muito dela. É uma feira bem clean, muito bonita. Conseguimos captar novos clientes e conhecer os clientes que já possuem a nossa marca. Além da boa captação, há o principal que é o retorno. E a feira agregou na busca de novos produtos”.

Eduardo, empresário, São Luis (MA): “É a primeira vez que venho para a feira e estou encantado! A feira superou o que eu pensava, pois puder tirar as dúvidas que tinha com os fornecedores. Foi muito bom! Volto amanhã, na sexta e no sábado para fechar a feira!”.

Raul Xavier, departamento comercial, Guarulhos (SP): “É minha primeira vez na feira. O que me encantou foi a variedade de produtos e a qualidade. São produtos de altíssima qualidade que oferecem um padrão sensacional. Isto é muito importante pois temos que oferecer o melhor para nossos clientes”.

Maurício Eiras Gomes, empresário, Jundiaí (SP): “Achei a feira muito boa e vou voltar para ver melhor os produtos. Sou da área de sublimação e busco plotters do setor. Vi várias que achei bem modernas e podem me ajudar”.

Sandra Monteiro, empresária, Cuiabá (MT): “A feira é atual, com muitas novidades. Gostei de estar aqui neste primeiro dia e volto para mais dois dias para poder ver tudo. Trabalhamos com a área gráfica e gostamos da área de brindes; vimos na feira muitas opções deste segmento”.

Próximas feiras

Em 2018, acontece a ExpoPrint Latin America, o maior evento de impressão das Américas, de 20 a 24 de março nos Pavilhões Azul e Branco do Expo Center Norte; a feira tem realização da Afeigraf (Associação dos Agentes de Fornecedores de Equipamentos e Insumos para a Indústria Gráfica). A ExpoPrint ocorre paralelamente com a ConverExpo, feira no setor de conversão digital realizada pela Abflexo/FTA-Brasil (Associação Brasileira Técnica de Flexografia).

A próxima edição da ExpoPrint Digital / FESPA Brasil está marcada para o mês de março de 2019, novamente na cidade de São Paulo. Fique por dentro de todas as informações nos sites: www.fespabrasil.com.br e www.expoprintdigital.com.br.

Fotos do Evento: 

Se desejar ver no facebook, clique aqui.

Informações
Press Communications
Tiago Keese
press@presscomms.com.br
11 4013-7979
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *