Escrito por: Redação GF+ | Data de Publicação: quarta-feira, 13 dezembro, 2017

Retomada da economia está prevista para 2018

Por Suzane Salazar

Celulose e Papel são segmentos de destaque no próximo ano

Apesar de desafiante, o cenário econômico brasileiro tende a ser mais positivo em 2018. Várias são as mudanças que começam a ocorrer, especialmente nos setores da Indústria, Agronegócio e Comércio, a fim de que haja uma retomada mais significativa no crescimento da economia do país e do Paraná. Essa é a análise feita por economistas do Conselho Regional de Economia do Paraná (CORECONPR). Segundo os especialistas, a perspectiva é que a economia nacional cresça 2,5% em 2018.

Para o Comitê de Política Monetária do Banco Central (COPOM) e o FMI a média de crescimento do Brasil para o próximo ano é de 1,5%. A Federação das Indústrias do Paraná (Fiep) informa que a previsão é que a indústria de Celulose e Papel estejam entre os setores com melhores desempenhos em 2018.

Para Luciana Andrade, gestora da Revista Grandes Formatos, especializada nos segmentos de comunicação visual e impressão digital em grandes formatos, a retomada na indústria do papel e da celulose em 2018 será de extrema importância para os negócios, já que a celulose é a base para a fabricação de papel e também é utilizada na fabricação de plásticos, vernizes, filmes e diversos produtos químicos. “Toda a cadeia de serviços e produtos derivados desse setor, tais como nossos suprimentos de lonas e vinil, se beneficia com o incentivo econômico da indústria, inclusive na geração de empregos e desenvolvimento de novas tecnologias, fatores cruciais para a melhoria e desempenho da produtividade do segmento”, explica.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *