Escrito por: Redação GF+ | Data de Publicação: terça-feira, 3 maio, 2016

Tudo Sobre Impressão em Tecidos II: Grupo Aragon une Comunicação Visual e Têxtil há mais de 10 anos

Decisões para o rumo dos negócios nunca são fáceis para a empresa, o valor investido e os riscos sempre podem colocar muito em jogo. Porém, sabemos que os benefícios de empreender nas melhores e promissoras estratégias de mercado é que pode realizar o desejo de todo empresário que procura oferecer o melhor produto para seu cliente e dessa forma conquistar crescimento empresarial.

É nesse contexto que a GF+ preparou mais uma vez a edição Tudo Sobre Impressão de Tecidos, calculando riscos, benefícios e opções junto a especialistas da área e empresas que decidiram entrar no mercado. A impressão em tecidos atende a indústria da moda, de decoração e ainda pode ser utilizada na linha de produção que muitos já trabalham: a Comunicação Visual.

O mercado têxtil é uma das melhores opções de demanda em nosso mercado, oferece um leque de opções diferenciado e talvez nunca imaginado para as empresas do ramo. As grandes empresas de maquinários assumem o posicionamento com novos produtos direcionados e os clientes buscam materiais diferenciados, soluções criativas e novos resultados. Ainda em dúvida entre tecer ou não tecer? Conheça o panorama GF+ da realidade desse setor.

Aragon

Conheça a história da Aragon e do seu diretor, Jaime Aragon, que trabalha há 20 anos na indústria têxtil e 10 na Comunicação Visual.

Grandes Formatos - Tudo Sobre Impressão em Tecidos - Aragon Banner em Tecidos

Banner de 3×5 metros em tecido para campanha publicitário do Boticário feita pela empresa. (Imagem: Divulgação)

O grupo tem 10 anos em Comunicação Visual, mas quanto tempo está na área têxtil? Qual foi o motivo que interessou o Grupo Aragon a entrar nesse nicho de mercado?

Entrei no ramo têxtil há 20 anos, trabalhei de 1994 à 2003 prestando serviços de silk, transfers e bordados para diversas confecções da região do Brás e do Bom Retiro. Em 2004 mostrei um transfer sublimatico de uma coleção que eu acabara de lançar, para um amigo que trabalhava em uma agência de publicidade. Ele ficou bastante admirado com a qualidade fotográfica sobre o tecido e me perguntou se era possível produzir num formato maior (na época, eu produzia minhas coleções em formato offset 0,70 X 1,00), então comecei a pesquisar e achei “um tal” de plotter, que talvez pudesse imprimir nos formatos que o mercado de Comunicação Visual utilizava para lonas expostas em pontos de venda. Fiquei seis meses aprendendo a lidar com a máquina, as tintas, cabeças de impressão, tipos de resoluções, controlar a umidade do ar e a temperatura ambiente para chegar em um ponto de sentir que havia dominado a técnica e me lançar pro mercado que recebeu a novidade de braços abertos. Em menos de um ano, eu comprei mais três plotters e solidifiquei o nome Grupo Aragon no mercado de Comunicação Visual do Brasil.

Quais as principais diferenças entre gerir Comunicação Visual e Impressão em Tecido?

Quando você trabalha no mercado têxtil, os prazos são mais tranquilos, na Comunicação Visual é tudo pra ontem, então a estrutura tem que estar sempre preparada e disposta a trabalhar em turnos, ou mesmos virar a noite para entregar determinadas campanhas publicitárias.

Quais as possibilidades de produtos e mercados para trabalhar com esse tipo de impressão?

Os produtos mais comercializados são os banners, as faixas, easy frame, painéis em tecido e capas de antenas, sendo utilizados nos pontos de vendas de grandes marcas, campanha promocionais e cenários e etc.

Grandes Formatos - Tudo Sobre Impressão em Tecidos - Aragon Banner Tecidos Leonardo Da Vinci

Exposição Leonardo Da Vinci que usou banners em tecidos do Grupo Aragon. (Imagem: Divulgação)

Hoje o que é mais rentável para a empresa, a Comunicação Visual, a Impressão em Tecido ou a Confecção? E o que tem mais demanda?

Atualmente a Comunicação Visual, ainda é mais rentável. Banners tem mais demanda.

Em relação aos clientes, que tipo de tecido vende melhor e que tipo de impressão é mais solicitada?

Os tecidos mais utilizados são a microfibra e Oxford. Normalmente utilizamos a sublimação e para alguns trabalhos aplicamos técnicas de silk, tais como foil e glitter sobre a sublimação. Os trabalhos ficam fantásticos.

O Grupo Aragon mostra em seu portfólio trabalhos que envolvem muita criatividade, a criatividade é um fator ainda mais imprescindível quando se investe na impressão em tecidos?

Como trabalhamos com as agências, que vivem de criações, somos de certa maneira contaminados pela necessidade de criar, investir em desenvolvimentos se faz necessário para se diferenciar num mercado cada vez mais concorrido, então contamos com setor exclusivo de criação e desenvolvimentos de novos produtos.

 

 

Tudo Sobre Impressão de Tecidos 

A segunda edição de Tudo Sobre Impressão de Tecidos estendeu os conteúdos para os diversos setores para que seja possível uma melhor análise de mercado. O crescimento de todos os nichos de mercado é essencial para o desenvolvimento e consolidação do setor em todo o nosso país e até mesmo fora dele. A criatividade não deve ter limites, a inovação não deve ter freios e, com toda a certeza, a impressão não pode parar. Continue ligado que em breve mais uma postagem de Capa da Revista GF+.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *